Na hora de organizar o casamento, a produção de vídeo para casamento deve aparecer. Saiba porque! 

Sabe aquela história de pegar o vídeo do casamento dos nossos pais e morrer rindo pelas tendências de moda da época ou simplesmente morrer de amores por ver que, não importando a data, o que importa num casamento é o amor – e que nem o vestido de noiva vale mais que isso?! Pois bem… Por incrível que pareça, muitos noivos atuais têm deixado essa tradição do material videográfico de lado. Os motivos são variados:

1. “Não precisa de vídeo. A gente pode reunir alguns vídeos postados pelos convidados depois!”

2. “Não precisa gastar com vídeo. Já temos o fotógrafo…”

3. “Quem vai querer ver o casamento depois?! Não precisa de vídeo.”

vídeo de casamento

Mas calma aí que além desses três motivos, tem muitos outros que podem se encaixar na lista. E hoje nós estamos aqui por duas razões. A primeira, claro, é para convencer os nossos ávidos leitores – e noivinhos – que estão aí, nessa indecisão de contratar ou não um fornecedor de material videográfico para o casamento. A segunda é que, para os noivinhos que já decidiram contratar alguém especial para fazer o vídeo, daremos dicas para que esse vídeo aí seja mais que um vídeo que será transmitido nas próximas gerações. Queremos dar dicas para ter O Senhor Casamento de Cinema! Sim, casamento de cinema desses que todo mundo se encanta e quer fazer igual.

vídeo de casamento
(Desculpa, gente. Mas não resisti ao charme das princesas da Disney)

A primeira dica é, lógico, fechar contrato com um bom profissional ou com uma empresa de confiança. Nada dessa história de chamar o tio do vizinho do seu sobrinho que tem uma empresa que faz fotos e se arrisca a fazer vídeos. Se for assim, queridos, nada dá certo mesmo. Que fique claro: não estamos desvalorizando o tio do vizinho do seu sobrinho, só estamos dizendo que para ter um vídeo bom, é essencial e importantíssimo que noivas e noivos entrem em um consenso sobre qual profissional é o ideal para fazer exatamente aquilo que desejam.

A segunda dica veio de um profissa – porque, né, se estamos recomendando que você procure um profissional, nós procuramos o nosso. O Ricardo Vipych, sócio-proprietário da Mirabolante Filmes listou uma série de dicas para a parceria noivos – fornecedor dê certo. “Minha dica é para que os noivos se entreguem ao máximo, confiem na equipe, estejam disposto a inovar, tenham disponibilidade de tempo e invistam no necessário”.

https://vimeo.com/142415931

Mas é claro que tem outros passos que devem ser seguidos para que o resultado seja bacana e atemporal, desses que nunca vencem no tempo. Um deles é o planejamento. É preciso sentar para fazer um roteiro do casamento, por exemplo. Claro que essa visão não é dos noivos, e sim dos profissionais contratados. Por essa razão, é aconselhável que noivos e fornecedores sentem para decidir no que querem focar, o que querem mostrar, se vai ter uma contação da história do casal ou se vão partir direto para o casamento, por exemplo.

Neste vídeo abaixo – que eu estou total e incrivelmente apaixonada – a gente consegue ver dois aspectos: o casamento segue uma linha de começo, meio e fim. A gente, que nem esteve lá para acompanhar, consegue captar a essência dos momentos mais importantes. Nós conseguimos sentir a emoção do casal, dos convidados e, de bônus, nós conseguimos conferir os detalhes do casamento.

https://vimeo.com/115444513

Felipe Sulzbacher destaca: o objetivo de quem faz os vídeos de casamentos hoje é fazer algo diferente todos os dias. Ricardo confirma. “O que está acontecendo é uma revolução nos vídeos de casamento. Nenhum casal terá o mesmo trabalho, pois trata-se de uma história única nunca vivida por ninguém. É aí onde entramos: para tentar extrair o máximo de cada história, para apresentar um roteiro legal para eles. Pra sair da mesmice, primeiro o casal deve confiar em sua equipe e depois se entregar ao máximo, assim nós ficamos mais à vontade para ousar nas imagens”, afirma Ricardo.

O casal Denise e Junior entenderam o recado e apostaram na ideia. O roteiro do vídeo deles envolveu não apenas o casamento, mas um apanhado geral que envolve a intimidade e os sentimentos do casal. É notável a produção que houve antes de simplesmente transmitirem o casamento. O vídeo, em si, apresentou tudo aquilo que os noivos mais prezam: numa história de amor, o todo também vale, e não apenas a parte.

https://vimeo.com/110684723

Ninguém tira da memória muito menos do coração o que sentiu naquele dia único. E como fazer para relembrar cada momento, cada alegria, cada surpresa que aconteceu no dia do casamento? Com o vídeo! Imagine… Os noivos fazem tanta coisa nesse dia e de alguma forma gostariam de reviver aquele momento, por isso a importância. Quando os noivos fazem os votos, fazendo juramentos um para o outro, como guardar esse momento se não com o vídeo? Quando um casal nos procura, nos doamos integralmente naquele momento para entender o que seria indispensável para a produção deles, qual sentimento acrescentar no vídeo que vão carregar o resto da vida, então, esse investimento tem um preço tão simbólico se pensar nessa forma, uma lembrança para a vida toda de um momento único!

https://vimeo.com/144562249

Agora, cá entre nós, posso contar um segredinho?! Ao ver esses vídeos me deu vontade de me casar logo. Amoooor, se estiver lendo esse lindo post, me pede em casamento logo? Mas agora, sério mesmo… Bem aqui, segredinho entre a gente: depois de tanta lindeza, fica difícil não querer ter o vídeo que mostra toda a sua pompa para ser um casamento de cinema, né, gente?!

Diga-Nos O Que Você Acha
0Like0Love0Haha0Wow0Sad0Angry

0 Comentário

Deixe um comentário

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER DICAS E NOVIDADES!

Maximus Atelier © 2021. Todos os Direitos Reservados.

Maximus Atelier © 2021. Todos os Direitos Reservados.